Entenda a disfunção erétil

A disfunção erétil é o mesmo que falar de impotência sexual para os homens. Trata-se de um problema de ereção que inviabiliza a relação do casal, pois o homem não consegue a penetração, ou não a sustenta por tempo suficiente.

Principais causas da disfunção erétil

O mecanismo que leva o pênis a uma ereção, não pode ser considerado como algo muito simples, sendo assim, são variados os fatores que podem levar um homem a desenvolver a disfunção erétil. Dentre as principais causas da impotência sexual, estão:

  • Problemas de ordem psicológica
  • Fumar
  • Diabetes
  • Problemas hormonais, como queda de testosterona
  • Consumo de bebidas alcoólicas
  • Fibrose dos corpos cavernosos
  • Doenças de ordem neurológica
  • Procedimentos clínicos, cirúrgicos, na região pélvica
  • Doenças do coração
  • Consumo excessivo e/ou prolongado de alguns medicamentos

Dentre essas causas, ainda podemos destacar alguns facilitadores, como:

  • Obesidade
  • Vida sedentária
  • Pressão alta
  • Colesterol descontrolado
  • Triglicérides altos
  • Depressão

Para saber ainda um pouco mais, acompanhe o vídeo a seguir.

Procure um médico

Se está passando pela situação de sofrer com a disfunção erétil, procure um médico. Pois apenas ele pode afirmar o seu diagnóstico e receitar a melhor forma de tratamento.

Lembre-se que todos estão propensos a falhas. Uma vez em que não se consegue uma boa ereção, não é sinônimo de impotência sexual. Para que seja consistente o diagnóstico, ele se baseia em um situação extremamente recorrente.

Formas de tratamento

Em primeiro lugar o médico procura a causa que leva a disfunção erétil para indicar o melhor tratamento. Em pessoas com idade mais avançada, a impotência é mais comum em caráter físico. Para as pessoas mais jovens, em muitos casos deve a fatores emocionais.

Quando se trata de um ponto ligado ao funcionamento da mente, é comum que o paciente seja encaminhado para acompanhamento psicológico.

Quando as causas são físicas, se a saúde permitir, são indicados medicamentos orais, como é o caso famoso do Viagra, mas o melhor é optar por produtos naturais que não tem efeitos colaterais e são tão bons ou até melhores que o Viagra, um exemplo é o Libido Master, este tipo de produto costuma dar ótimos resultados.

Para pessoa que não podem consumir esses medicamentos, podem ser indicadas bombas de vácuo, ou injeções de vasodilatadores.

Por último, quando as tentativas anteriores não surtiram efeito, pode ser feita a indicação de colocar uma prótese peniana.

Existem no mercado também, muitos suplementos naturais que podem auxiliar em alguns casos, nem que seja como efeito placebo. Mas não é interessante consumir sem conhecimento de uma médico e de seu estado de saúde geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *